Blog dos docentes, investigadores e alunos de Ciência das Religiões na Universidade Lusófona (Lisboa)
.posts recentes

. RAMADAN - PRIMEIRA PARTE

. FALTAM APENAS DUAS SEMANA...

. JEJUM, UM ALIMENTO PARA A...

. “LA ILAHA – ILLA LLAH” – ...

. MI'RAJ — A Ascensão do Pr...

. RELEMBRANDO: A NOITE DE M...

. OS INÚMEROS BENEFÍCIOS PE...

. OS INÚMEROS BENEFÍCIOS PE...

. OS PRIVILÉGIOS E AS RESPO...

. SURAT FUSSILAT

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Segunda-feira, 9 de Maio de 2011
O DUÁ (A PRECE NO ISLÃO) Quarta Parte

Assalamo Aleikum Warahmatulah Wabarakatuhu (Com a Paz, a Misericórdia e as Bênçãos de Deus)

 

Bismilahir Rahmani Rahim (Em nome de Deus, o Beneficente e Misericordioso)

 

JUMA MUBARAK

 

Todo o ser humano é pecador. A nossa fé é instável e funciona como um gráfico. Por momentos, sentimo-nos cheios de fé. Mas outras vezes, de acordo com a nossa vida quotidiana e com tudo ao que nos rodeia, a fé vai enfraquecendo, ao ponto de bater no fundo. Nos bons ou nos maus momentos, o homem deve pedir ao Criador, para lhe fortificar o Iman (a fé), para lhe dar o bem neste mundo e acima de tudo o bem no além (Akhirat). Os Profetas (Que a Paz de Deus esteja com eles), eram pessoas muito devotas e próximas de Deus, no entanto, faziam muitas preces. Seguem alguns exemplos:


Deus ensinou a Adam (Adão), a expressar-se. Adam e Hawa (Eva) – Que a Paz de Deus esteja com eles, recitaram a seguinte prece: “Senhor nosso! Fomos injustos para connosco, se não nos perdoares e se não fores Misericordioso para connosco, certamente que estaremos entre os perdidos”.


Allah, Senhor e Protector, diz-nos que Ibrahim (Aleihi Salam) – Abraão, que a Paz de Deus esteja com ele, fez a seguinte prece, solicitando-Lhe protecção para a cidade de Maka: “Meu Senhor, faz com que esta cidade seja de Paz e agracie com seus frutos, os seus habitantes, que crêem em Deus e no Dia do Juízo Final”. Cur’ane 2:126. E Deus aceitou o pedido, conforme é referido no versículo 3:97 “E quem quer que nela entre, está a salvo”.


Mussa (Aleihi Salam) – Moisés, que a Paz de Deus esteja com ele, por ser lento a falar e com receio de não conseguir convencer o Faroó, pediu apoio a Deus para enfrentar o tirano, e recitou a seguinte prece: “ Ó Senhor meu, dilata-me o peito; facilita-me a tarefa; e desata o nó da minha língua; para que compreendam a minha fala.” Curane 20:25 a 28. É uma prece muito utilizada, nomeadamente, não só pelos que se encontram nas fases estudantis, mas também por iminentes teólogos, antes de iniciarem as suas intervenções.


Issa (Aleihi Salam) – Jesus, que a Paz de Deus esteja com ele, referiu: “Invocai frequentemente Deus Todo-Poderoso, o seu louvou e glorificação e obdecei-Lhe. Basta aquele que reza, se Deus estiver satisfeito com ele, dizer: “Senhor, perdoa os meus pecados, emenda o meu modo de vida e guarda-me das coisas odiosas”. Transmitido por Ahmad Ibn Hambal.


Yahya relatou-me, que ouviu de Malik, este de Abu Zinad, este de Al-Araj e deste de Abu Huraira (Radyialahu an-hu), de que o Profeta Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam) disse: “A todos os Profetas foram-lhe dadas suplicas (preces) e eu quero preservar o meu duá como intercessão, no outro mundo, pela minha comunidade”. Maliks Muwatta.

 

E agora leiam atentamente este hadice e reflictam o que actualmente está a acontecer:


Amir b. Sa´d, informou sobre a autoridade do seu pai que um dia o Mensageiro de Deus (Salalahu Aleihi Wassalam), ao regressar duma terra alta, entrou na Mesquita de Banu Mu’awiya e na nossa companhia, efectuou duas rakates (ciclos de oração), e depois fez uma longa súplica a Deus. Depois, informou-nos: “Eu pedi ao meu Senhor, três coisas; Ele garantiu-me duas e reteve a terceira. Eu pedi ao meu Senhor que a minha Umah não fosse destruída por causa da fome e Ele garantiume isso; E eu pedi ao meu Senhor que o meu umah não fosse destruído pelo afogamento (dilúvio) e Ele me concedeu isso; e eu pedi ao meu Senhor que não houvesse derramamento de sangue entre as pessoas do meu umah, mas ele não me concedeu este pedido”. – Muslim.


Votos de um bom dia de Juma,


Cumprimentos
Abdul Rehman Mangá
05/05/2011

publicado por Re-ligare às 16:54
link do post | comentar | favorito
|
..
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds