Blog dos docentes, investigadores e alunos de Ciência das Religiões na Universidade Lusófona (Lisboa)
.posts recentes

. RAMADAN - PRIMEIRA PARTE

. FALTAM APENAS DUAS SEMANA...

. JEJUM, UM ALIMENTO PARA A...

. “LA ILAHA – ILLA LLAH” – ...

. MI'RAJ — A Ascensão do Pr...

. RELEMBRANDO: A NOITE DE M...

. OS INÚMEROS BENEFÍCIOS PE...

. OS INÚMEROS BENEFÍCIOS PE...

. OS PRIVILÉGIOS E AS RESPO...

. SURAT FUSSILAT

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Sexta-feira, 16 de Setembro de 2011
IBRAHIM, OS SEUS DESCENDENTES (AS) E A ORIGEM DA CAABA - SEGUNDA PARTE

Assalamo Aleikum Warahmatulah Wabarakatuhu (Com a Paz, a Misericórdia e as Bênçãos de Deus)


Bismilahir Rahmani Rahim (Em nome de Deus, o Beneficente e Misericordioso)


JUMA MUBARAK

 

“E lembrai quando Abraão e Ismael estavam a erguer as fundações da Casa (com esta oração): “Senhor Nosso! Aceita (este serviço) de nós, pois Tu és o Exorável, o Sapientíssimo.” Cur’ane 2:127. Allah indicou a Ibrahim (Aleihi Salam), o local onde devia reedificar a Caaba, no mesmo local onde Adam (Aleihi Salam) – Adão, que a Paz de Deus esteja com ele, lançara as primeiras fundações da Casa, que ficaram destruídas após o dilúvio, na época do Profeta Nuh (Aleihi Salam) – Noé, que a Paz de Deus esteja com ele. Muitas passagens testemunham de que a Casa de Deus foi edificada antes da época do Profeta Ibrahim (Aleihi Salam), nomeadamente, conforme os dois versículos do Cur’ane a seguir mencionados: “Na verdade a primeira Casa (para adoração a Deus) erigida para o género humano, foi a de Bacca (Maka); um lugar de bênçãos e de orientação para a humanidade.” Cur’ane 3:96. “E recorda-te quando indicámos a Ibrahim, o local da Casa Sagrada”. Cur’ane 22:26. No Bukhari, 55:583, é referido por Ibn Abbas (Radiyalahu an-hu), de que Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam) contou uma longa passagem onde refere diversas passagens da vida de Ibrahim (Aleihi Salam) e da sua família, terminando com a seguinte informação: “Ibrahim (Aleihi Salam), com a ajuda do seu filho Ismael (Aleihi Salam), construíram a Caaba numa colina elevada, onde Deus o ordenou. Ismael trouxe as pedras e Ibrahim foi efectuando a construção. Quando as paredes começaram a ficar mais altas, Ismael trouxe uma pedra onde o pai colocava o pé para se elevar, para assim facilitar a construção. Enquanto os dois realizavam o trabalho, iam dizendo: “Senhor Nosso, aceita (este serviço) de nós. Tu ês o Exorável, o Sapientíssimo”. Cur’ane 2:127. Após a conclusão dos trabalhos, deram a volta à Caaba (Tawaf) repetindo as mesmas palavras”. A pedra onde
Ibrahim (Aleihi Salam) utilizou para se elevar, ficou com a marca do pé dele e encontra-se mesmo ao lado da Caaba, num lugar denominado de “Maqam (local) de Ibrahim”, onde os crentes fazem uma oração, após a conclusão do Tawáf (acto de circundar a Caaba). Ibn Abbas (Radiyalahu an-hu) referiu que a marca dos dedos dos pés eram bem visíveis e também os árabes sabiam desse facto durante a época da jahiliyyah - pré islâmica. Anas Bin Malik (Radiyalahu an-hu) referiu que viu a marca e era bem visível, mas que acabou por dissipar-se, porque as pessoas esfregavam as mãos na pedra. (Tafsir de Ibn Khatir) “.…E tomai a estância de Abraão como um local de oração…” 2:125. “…onde existem sinais evidentes (por exemplo) a estância de Abraão…” Cur’ane 3:97.


“Senhor Nosso! Faz de nós submissos a Ti, e que surja da nossa descendência, um povo submisso à Tua vontade…” Cur’ane 2:128. “Senhor Nosso! Faz surgir no seu meio, um Mensageiro saído entre eles, que lhes recite os Teus Versículos e lhes ensine a Escritura e a Sabedoria, e os purifique; Tu és o Poderoso, o Sábio.” Cur’ane 2:129. Os Profetas Yussuf (José), Mussa (Moisés) Dawud (David) e Suleman (Salomão), que a Paz de Deus esteja com eles, descendentes de Isaac e do seu filho Yacub – Jacob, que a Paz de Deus esteja com eles, assumiram a liderança (chefia
dos povos). Em Jerusalém, no tempo do Profeta Suleman (Aleihi Salam), foi construído um Templo Sagrado, que passou a ser o centro e a quibla (direcção) de todas as adorações a Deus. Esta quibla se manteve enquanto os descendentes de Isaac (Aleihi Salam) permaneciam como líderes desta missão e cumpridores dos mandamentos de Deus. A quibla também serviu de orientação nos primeiros anos da profecia de Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam). Quando Ibrahim (Aleihi Salam) pediu a Deus para também fazer de líderes a sua descendência, Deus aceitou, mas advertiu de que na sua descendência e entre os seus filhos, haverá pessoas injustas. Mais tarde, os outros descendentes que tomaram a responsabilidade da chefia, foram acusados por Deus de pecados e de falhas na liderança, mostrando-se indignos de continuarem com a missão. O Antigo Testamento, Izequiel, capítulo 15, refere que Jerusalém tornou-se corrupta com infidelidades e lascividades. Também os descendentes de Ismael tiveram um comportamento inaceitável, colocando 300 ídolos na Casa Sagrada. A liderança, não deveria ser um privilégio, só por serem descendentes de Abraão. Mas deviam também submeterem-se e seguirem as orientações de Deus. Assim, Abraão, que a Paz de Deus esteja com ele, pediu a Deus para enviar um Mensageiro que ensine a Escritura, a Sabedoria (a compreensão da religião) e os Purifique. Também Issa (Aleihi Salam) – Jesus, que a Paz de Deus esteja com ele, anunciou a vinda de um Mensageiro, quando se dirigiu aos Filhos de Israel, dizendo: “E quando Jesus, filho de Maria, disse: Ó Israelitas, na verdade sou o Mensageiro de Deus, enviado a vós, corroborante de tudo quanto a Tora antecipou no tocante às predições e alvissareiro de um Mensageiro que virá depois de mim, cujo nome será Ahmad…” Cur’ane 61:6 (Ahmad – o louvado, o consolador, o intercessor). Também encontramos uma referência no Deuteronómio, no capítulo 18:18, o seguinte: “Do meio dos teus irmãos, lhes suscitarei um Profeta semelhante a ti (semelhante a Moisés) e porei as minhas palavras na sua boca e lhes falará tudo o que Eu lhe ordenar. Sobre este assunto (a sua vinda como profeta), Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam) referiu: “A súplica do meu pai Ibrahim e as boas novas anunciadas por Issa, filho de Maria”. – Um Profeta semelhante a ti (Moisés), só poderá ser Muhammad e não Issa (Jesus), pelos seguinte motivos. Moisés e Muhammad (Que a Paz de Deus esteja com eles), foram chefes de nações, tinham nas suas mãos a vida e a morte dos seus súbitos;, tiveram nascimentos e mortes naturais (Jesus teve um nascimento milagroso e uma morte violenta na cruz); ambos estão enterrados na terra e Jesus está no reino do céu; ambos casaram e tiveram filhos; Moisés e Muhammad trouxeram leis novas para os seus povos.


O Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam), descendente de Ismael (Aleihi Salam), assumiu assim a liderança e proclamou ao mundo, utilizando a mesma advertência dos seus antecessores, proclamando “Lá Iláha Ilalláh” - “Não há outra divindade, excepto Deus”. Alguns Coraichs de Maka, enraizados na adoração aos ídolos que entretanto tinham sido colocadas na Caaba, dificultaram a missão do Profeta, que entretanto teve de se retirar para Madina, onde foi recebido e acarinhado pelos residentes. Pelos motivos anteriormente referidos, Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam) estava ansioso para mudar a quibla (direcção da oração), de Jerusalém para Maka. O Templo de Jerusalém, foi construído pelo Profeta Salomão (Que a Paz de Deus esteja com ele), muito depois da Caaba. Assim, a Caaba tinha prioridade e superioridade como local de oração e de orientação. “Na verdade, vimos-te voltares com frequência o teu rosto para o céu (para orientação). Agora, certamente, te faremos virar para um qibla, com que estarás satisfeito. Portanto, vira o teu rosto para a Mesquita Sagrada e onde quer que estejas, voltai os vossos rostos para esta direcção”. Cur’ane 2:144. Yahya ouviu de Malik e este de Abdullah Ibn Dinar, de que Abdullah Ibn Umar (Radiyalahu an-hu) disse: “Uma ocasião, quando as pessoas estavam orando na Mesquita de Quba, um homem aproximou-se deles e disse: “Um versículo do Cur’ane foi ontem à noite
enviado ao Profeta e ele foi obrigado a virar-se para a Caaba, então façam isso. Assim, porque estavam virados para Jerusalém, viraram-se em direcção à Caaba”. Maliks’s Muwatta 14:3.6. Com o regresso triunfal a Maka, sem derramamento de sangue, Muhammad, com o seu cajado, destruiu os 300 ídolos e purificou a Caaba. Foi o último Profeta, enviado para toda a humanidade.


Um bom Dia de Juma,


Cumprimentos


Abdul Rehman Mangá

15/09/2011

publicado por Re-ligare às 10:06
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Malik Tamimo a 2 de Fevereiro de 2016 às 12:36
"Jesus teve um nascimento milagroso e uma morte violenta na cruz"

Assalamo alakum,

Gostaria que revisse este trecho do texto, tendo como base o dizer de Allah, no Qur'an:

"E por dizerem: Matamos o Messias, Jesus, filho de Maria, o Mensageiro de Deus, embora não sendo, na realidade, certo que o mataram, nem o crucificaram, senão que isso lhes foi simulado. E aqueles que discordam, quanto a isso, estão na dúvida, porque não possuem conhecimento algum, abstraindo-se tão-somente em conjecturas; porém, o fato é que não o mataram." [4:157]

Referencia: http://legacy.quran.com/4/157

E Allah, o Altíssimo, sabe melhor!
Barakallah fikum, wa salamo alaikum wa rahmatullah wa barakatuh

Comentar post

..
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds